Dinamarquês ganha maior prêmio do fotojornalismo mundial

A imagem forma parte de um projeto que aborda a dificuldade de ser gay num país como a Rússia.

O fotógrafo dinamarquês Mads Nissen venceu a 58.ª edição do World Press Photo, o mais importante concurso de fotojornalismo do mundo, com o retrato de um momento de intimidade entre Jon e Alex, um casal homossexual. A imagem foi tirada em São Petersburgo, na Rússia.

A imagem íntima premiada pelo júri do World Press Photo faz parte de um projeto maior de Mads Nissen chamado Homofobia na Rússia, que quer mostrar ao mundo como pode ser muito difícil ser gay num país como a Rússia, onde as minorias sexuais são perseguidas.

Além disso, a fotografia de Mads Nissen venceu também o primeiro prêmio da categoria de Temas Contemporâneos.

“É um tempo histórico para esta imagem, a imagem vencedora tem de ser estética, ter impacto e ter o potencial de se tornar um ícone. Esta foto é esteticamente poderosa e tem humanidade”, escreveu em comunicado a presidente do júri, Michele McNally, directora de fotografia e editora assistente do New York Times.

Para mais informações, visite o site www.worldpressphoto.org

No Responses to “Dinamarquês ganha maior prêmio do fotojornalismo mundial”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*


Current day month ye@r *